Garcinia mangostana

DesinShow / Blog DesinShow  / Garcinia mangostana
Garcinia Mangostana

Garcinia mangostana

A Garcinia mangostana, conhecido como mangostão roxo, é uma fruta considerada exótica que tem a sua origem na Ásia, sendo produzida principalmente na Tailândia, Cingapura, Malásia e Indonésia. No Brasil, já é possível encontrar diversos lugares onde essa fruta é cultivada, como Bahia e Pará.

A fruta apresenta uma casca grossa e dura, de tonalidade roxo-escura, quando se encontra madura. O seu interior apresenta uma polpa de cor branca, com aspecto opaco e um formato que se parece com uma cabeça de alho. De sabor adocicado e polpa suculenta, é considerada uma das frutas mais saborosas do mundo. Além disso, a fruta que é rica em sais minerais, fibras e vitaminas A e C.

É largamente consumido no sudeste da Ásia, não só pela sua excelente aparência e sabor, mas também pelos seus notáveis ​​e diversificados efeitos farmacológicos e tem sido usado como medicamento tradicional no tratamento de infecções da pele, feridas, disenteria e infecções do trato urinário.

Estudos fitoquímicos de extratos de Garcinia mangostana relatam que esta fruta contém uma variedade de metabólitos com propriedades notáveis ​​como antioxidantes, anti-inflamatório, analgésico, efeitos cardioprotetores e anti-obesidade.

Também foi relatado retardar a absorção de glicose através da inibição de enzimas que hidrolisam os carboidratos, exercendo atividades hipoglicêmicas e antidiabéticas, possivelmente aumentando a produção de células produtoras de insulina. Assim, pode aumentar a liberação de ácidos graxos livres e reduzir a absorção de gorduras dos alimentos e seu armazenamento. Ambos os mecanismos resultaram na redução da gordura corporal, melhora do perfil lipídico e auxilia na prevenção da aterosclerose.

Alguns compostos do Garcinia mangostana têm demonstrado melhorara na vasoconstrição das artérias, causando vaso relaxamento e reduzindo a pressão arterial. Esta observação pode ainda ser atribuída à presença de taninos portadores de antioxidantes, que podem agir sinergicamente para exercer o efeito.

Assim, a Garcinia Mangostana pode ser um potencial candidato na otimização da saúde, melhorando a pressão arterial, auxiliando no tratamento da diabetes, devido aos seus efeitos hipoglicêmicos e um coadjuvante no emagrecimento, associado a uma alimentação balanceada e a prática de atividade física.

Aline Gurski Bolzan
Nutricionista CRN2 12895
Pós graduada em Nutrição Clínica Esportiva (IPGS)
Mestre em Ciências da Saúde e da Vida (UFN)
(55) 99946 – 5018
REFERÊNCIAS

ABDALLAH, H.M.; EL‐BASSOSSY, H.; MOHAMED, G.A., et al. Phenolics from Garcinia mangostana inhibit advanced glycation endproducts formation: effect on amadori products, cross‐linked structures and protein thiols. Molecules. V. 21, p.251, 2016.
CHAE, H.S.; KIM, Y.M.; BAE, J.K.; et al. Mangosteen extract attenuates the metabolic disorders of high‐fat‐fed mice by activating AMPK. J Med Food , v.19, p. 148–154, 2016.
CHEN, L.G.; YANG, L.L.; WANG, C.C. Anti‐inflammatory activity of mangostins from Garcinia mangostana. Food Chem Toxicol 46: 688–693, 2008.
SHANDIZ, H. T.; RAZAVI, B.M.; HOSSEINZADEH , H. Review of Garcinia mangostana and its Xanthones in Metabolic Syndrome and Related Complications. Phytoth Res. V.31, N.8, P.1173-1182, 2017.
WhatsApp DesinShow
Enviar via WhatsApp